segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Drinks de Cachaça com caju

Que tal um drink de Cachaça com caju?
Sim drink e não caipirinha de caju, uma caipicaju ou uma caipifruta de caju.
Caipirinha é o drink feito com Cachaça+limão+açúcar e
outra dica, "toda Cachaça é um aguardente de cana, mas nem todo aguardente de cana é uma Cachaça"!
A Cachaça entre outras especificações deve ter graduação alcóolica entre 38% a 48% vol. além de outros requisitos.

Abaixo postamos três receitas que são um sucesso! Aprecie com moderação!

Drink 1
Ingredientes :
2 cajus bem madurinhos
Cachaça artesanal de boa qualidade gelada
Açúcar a gosto

Preparo :
Corte o caju em cubos e algumas fatias para decorar.
Coloque o caju m cubos em um copo previamente gelado e o açúcar, esprema o caju com o açúcar usando um pilão e complete com a Cachaça gelada. Decore com fatias de caju.

Drink 2

Ingredientes :
1 e 1/2 xícaras de Cachaça artesanal de boa qualidade gelada no freezer
2 xícaras de polpa de caju
1 xícara de açúcar
pedras de gelo

Preparo :
Bata tudo no liquidificador, coloque em uma jarra e sirva em copos médios.


Drink 3


Ingredientes :
1 1/2 dose de Cachaça Santo Grau 
1 dose de suco de caju
1/2 caju cortado em fatias para decorar
Açúcar e gelo


Preparo :
Misture a Cachaça (previamente gelada no freezer), o suco de cajú gelado e o açúcar e reserve. Corte o caju em fatias e arrume nas bordas de um copo previamente gelado, despeje o drink e coloque pouco gelo.


A fruta

Foto Beto Frota
 O Cajú, nome oriundo da palavra indígena "acaiu", que, em tupi, quer dizer "noz que se produz", tem um sabor e aroma agradável, é uma fruta perfeita para colorir, perfumar, enriquecer e diversificar pratos da culinária tropical.
A referência sensorial e nutricional da amêndoa e da polpa suculenta faz desta uma das frutas nativas de maior potencial para a exploração sustentada no território brasileiro.

O pedúnculo ou pseudofruto do cajueiro é consumido pelo sabor especial e pelo alto valor nutritivo, é rico em vitamina C, fibras e compostos fenólicos. Além do potencial vitamínico, estes compostos conferem potencial antioxidante à polpa do caju. Esta propriedade biológica está associada à prevenção de doenças crônico-degenerativas, como problemas cardiovasculares, câncer e diabetes, que avançam a cada ano, superando estatísticas e preocupando as lideranças governamentais da área de saúde.




As amêndoas de caju são ricas em proteínas e lipídeos. Na fração oleosa, predominam os ácidos graxos oléico (60,3%) e linoléico (21,5%), que são gorduras insaturadas e apresentam boa estabilidade, o que é uma característica desejável, tanto para a saúde humana quanto para a tecnologia de alimentos.


Fonte sobre a fruta : Embrapa e Curupira

* Post aberto a comentários.
** Se você nos visitou, marque abaixo sua presença ... Obrigado!
[ ] Gostei [ ] Interessante [ ] Não Gostei

2 comentários :

  1. Olá, adorei as receitas!
    Podia explicar melhor isso?
    "toda Cachaça é um aguardente de cana, mas nem todo aguardente de cana é uma Cachaça"!
    A Cachaça entre outras especificações deve ter graduação alcóolica entre 38% a 48% vol.

    Abraços
    Monica

    ResponderExcluir
  2. Olá Monica Maria
    Obrigada pelos elegios e comentário!
    Expliquei melhor no post acima http://cachacaepresente.blogspot.com/2011/09/dia-nacional-da-cachaca.html
    Acho que agora ficou mais claro (risos)...
    Abraços
    Sandra

    ResponderExcluir